Conhecendo a ortopedia infantil: por que buscar esse especialista?

ortopedia infantil

A medicina de hoje em dia, dispõe várias especialidades para atendimento. Uma questão muito importante é o desenvolvimento neuro-psico-motor em questão analisados os marcos de desenvolvimento da criança. Os estímulos externos tem muita relação com o desenvolvimento e antecipação do desenvolvimento dos marcos. Bear in wheelchair

Assim como para adultos, um acompanhamento ortopédico pode ser essencial para algumas crianças e, de acordo com o Dr Felippi Guizardi Cordeiro, ortopedista infantil, várias são as indicações para iniciar o acompanhamento com ortopedista infantil após o nascimento. No berçário a criança é submetida exame minucioso pelo pediatra, este serve também para o screaning de possíveis problemas ortopédicos. Deformidades congênitas, síndromes genéticas, deformidades posturais, traumas durante o parto, assimetrias dos membros superiores e membros inferiores devem ser avaliados pelo ortopedista infantil. O diagnóstico e acompanhamento precoce são cruciais para o bom resultado de um tratamento, e na maioria dos casos pode evitar cirurgias ou procedimentos mais invasivos.

De acordo com o especialista, o desenvolvimento da criança é complexo e passa por muitas fases ate que essa alcance a maturidade esquelética. O desenvolvimento neuropsicomotor e esquelético estão intimamente ligados. O desenvolvimento da marcha é composto por várias fases e depende do desenvolvimento das cadeias musculares da criança. Cada criança tem seu tempo para inicio da marcha e isso deve ser respeitado. A sustentação da cabeça, o rolamento, o engatinhar, a marcha com apoio são algumas das fases para o inicio da deambulação. Algumas crianças começam a andar sem engatinhar e isso faz parte da individualidade do desenvolvimento de cada bebe. O estimulo a marcha é essencial e deve ser feito respeitando cada fase do desenvolvimento. O engatinhar geralmente acontece entre os 7 e 9 meses, mas pode mudar de acordo com estímulos externos. O inicio da marcha ocorre entre os 11 e 18 meses.

A mãe deve ficar atenta a cada fase do desenvolvimento da criança, como sustentação da cabeça, sorriso, inicio da marcha, reflexos primitivos, engatinhar, inicio da fala entre outras coisas.Tal acompanhamento deve ser realizado juntamente com pediatra especializado. O alinhamento dos joelhos, marcha, pisada também seguem um padrão de normalidade que muda conforme a idade. Alterações como geno valgo (joelho para dentro), geno varo (joelho para fora), pé plano (chato), marcha em rotação interna são as queixas mais comuns no consultório de um ortopedista pediátrico e devem ser avaliadas cuidadosamente para diferenciação entre um padrão da normalidade e uma alteração patológica (relacionada a alguma doença).

A ortopedia é uma especialidade que trata os transtornos relacionados ao sistema-músculo esquelético. O ortopedista pediátrico é o responsável pelo tratamento de tais transtornos que acometem as crianças. Muitos problemas ortopédicos da fase adulta tem inicio durante a infância e poderiam ser evitados. Alterações congênitas, doenças neuromusculares, fraturas da infância, infecções ósseas, entre outros problemas devem ser acompanhados por um ortopedista pediátrico.

A melhor maneira de obter informações e tirar as dúvidas é em consulta médica com o especialista, e o pediatra pode orientar a busca por essa subespecialidade. Para ajudar, vou pontuar aqui algumas indicações para busca desse especialista:

  • Bebês que, ao nascimento, eram pélvicos (estavam sentadinhos)
  • Assimetria de membros (superiores e/ou inferiores)
  • Alinhamento dos joelhos, se estão para dentro ou para fora
  • Crianças que pisam para dentro
  • Pé chato
  • Fraturas ósseas
  • Infecções ósseas

 

Espero que tenham gostado dessas dicas.

 

Beijos Mammys queridas e dedicadas.

 

 

Sobre o autor
mammyderma Nascida em Campo Grande - MS, formada em medicina em 2008, especializada em dermatologia em São Paulo - SP. Mãe da Sofia e Valentina. Ênfase em dermatologia pediátrica, oncologia cutânea (FMUSP-SP) e dermatologia estética.
 

Comments

comments